Simulador furnas

Quem hoje não se preocupa com o valor da conta de luz?

Atualmente a energia elétrica tem consumido uma boa fatia da receita mensal da população brasileira.  Com a finalidade de auxiliar o consumidor a Braschama divulga  o App desenvolvido por Furnas, empresa brasileira de geração e transmissão de energia.

Hoje com o aplicativo Minha Casa é possível acompanhar em tempo real o quanto gasta-se de energia. O aplicativo é gratuito e está disponível para o iOS (download aqui, requer no mínimo a versão 6.1 do sistema operacional) e Android (aqui, para aparelhos com a versão 2.3 ou superior do sistema). Para aqueles que não possuem smartphone é possível acessá-lo através do computador utilizando o link.

Ao iniciar a navegação é necessário escolher a tarifa que está localizada na sua conta de luz, quais cômodos serão selecionados e posteriormente os equipamentos elétricos que compõe cada  um deles.  Depois destas informações teremos a resposta em valores reais.

Use este App também para administrar o consumo no seu estabelecimento comercial.

Segundo o aplicativo o forno Braschama , modelo F19E, cuja potência é de 5000W ligado durante 60 min na região sudeste , consome 5Kwh, totalizando R$ 1,55. *Não esqueça de observar a bandeira tarifária de sua região, pois ela influenciará no resultado do aplicativo.

Entenda sobre a bandeira tarifária:

Em cumprimento à Resolução Normativa nº 593, de 17/11/2013, desde janeiro de 2015, entrou em vigor o sistema de Bandeiras Tarifárias. Ele é a forma encontrada pelo governo para que a Light e as demais concessionárias do país indiquem aos clientes que a energia consumida foi proveniente de uma fonte diferente da hidrelétrica. Em geral, quando os reservatórios das usinas hidrelétricas estão baixos, o país utiliza a energia de termelétricas, que é mais cara.
Este custo da energia já era cobrado do cliente quando a tarifa sofria reajuste, mas o governo definiu que ele deve ser cobrado mensalmente e não mais uma única vez ao ano, como costumava ocorrer.
A Aneel divulgará a bandeira correspondente ao mês e, a partir daí, o consumidor poderá adaptar o seu consumo, se assim desejar.

A partir de fevereiro/2016, a bandeira vermelha terá dois patamares: 1 e 2. Assim, os adicionais de bandeira tarifária serão:

–  Bandeira verde: A tarifa não sofre nenhum acréscimo (não há cobrança adicional)

–  Bandeira amarela: R$ 1,50 a cada 100 kWh consumidos

–  Bandeira vermelha Patamar 1: R$ 3,00 a cada 100 kWh consumidos

–  Bandeira vermelha Patamar 2: R$ 4,50 a cada 100 kWh consumidos

Valor líquido de impostos.

bandeiras.png

 

Pontos importantes:
1. Os clientes serão informados através das contas de energia elétrica sobre a Bandeira que foi aplicada no referido mês. Essas informações estarão no campo “descrição” da conta, conforme abaixo.
adicional bandeira.jpg
2. Caso a Aneel divulgue a Bandeira após o fechamento do ciclo de faturamento, a conta de energia do cliente será faturada com uma tarifa maior ou menor do que a utilizada. Quando isso acontecer, ocorrerá a compensação em sua conta no mês seguinte.
3. As Bandeiras são coloridas para facilitar o entendimento. As que não estiverem marcadas com um “X” representam a cor de cada mês. É possível conferir sempre a vigente e a do mês anterior. Confira o exemplo na imagem abaixo:

Bandeiras_site.jpg

 Para mais informações, acesse www.aneel.gov.br​​
​​
Fontes utilizadas: Site da Light e de Furnas.

 

#chef, #cozinhaindustrial, #consumoconsciente, #gestaodecozinhaindustrial, #simuladorfurnas, #economiadeenergia