Levar comida para o trabalho vem se tornando uma opção cada vez mais frequente na rotina de funcionários. Oferecer um local adequado para as refeições é um detalhe que deve ser avaliado com muita atenção. Desde o espaço físico até os equipamentos para esquentar as “famosas” marmitas.    

A escolha do equipamento é um fator decisivo para unir praticidade e rapidez para a demanda intensa em uma empresa. Os microondas são vistos como uma opção mais rápida e econômica, porém não possuem a mesma vida útil das estufas marmiteiras que são próprias para este tipo de uso.

Confira as principais diferenças entre esses equipamentos e qual melhor se adequa ao ambiente corporativo.

Microondas possui espaço reduzido: Isso aumenta o tempo de espera para esquentar os alimentos. Por só caber uma refeição de cada vez, o microondas aumenta o tempo de espera dos funcionários e gera um aumento no consumo de energia.

Troca rápida de temperatura com o ambiente: Ao mesmo tempo em que o microondas aquece os alimentos de maneira rápida, assim que o alimento é retirado do equipamento, ocorre uma rápida perda de temperatura. Isso acaba fazendo com que a comida esfrie mais rápido.  

Busque por equipamentos que otimizem o tempo de espera no refeitório: As estufas marmiteiras possibilitam esquentar até 100 porções de alimentos por vez, dependendo da capacidade do produto. Já em microondas é possível esquentar apenas uma refeição por vez.

 No microondas nem sempre é possível uma distribuição uniforme do calor nos alimentos: Isso pode acontecer quando o aparelho estiver sendo usado de maneira intensa ou já ter muito tempo de uso. Os alimentos costumam ficar gelados na parte central da marmita. Já em estufas marmiteiras, o aquecimento é sempre realizado de maneira uniforme e gradual.

 Sabor mais natural aos alimentos: Em estufas, o alimento consegue manter o interior mais macio e suculento e o exterior crocante. Já em microondas ocorre certa umidade que prejudica os alimentos a terem um aspecto crocante.

Menor risco de contaminação: Alimentos aquecidos em microondas por meio de recipientes de plásticos podem liberar substâncias tóxicas por causa da exposição à alta temperatura em um período curto. Já as estufas fornecem um aquecimento gradual que protege contra a proliferação de bactérias como a salmonela.

 Maior vida útil do produto: As estufas marmiteiras são mais bem preparadas para aguentar a demanda intensa de uso no dia a dia. Já os microondas, desenvolvidos para uso doméstico, costumam apresentar redução na sua capacidade de aquecimento e maiores defeitos técnicos.

Seja pela praticidade ou pela economia, levar seu próprio alimento para o trabalho se transformou na melhor opção para ter uma alimentação mais saudável e saborosa. Lembre-se que o mais importante é que o alimento seja preparado em boas condições de higiene e conservado sob refrigeração até o momento de consumo.   

A Braschama conta com uma linha completa de estufas marmiteiras que possibilitam otimizar o tempo nos refeitórios e cozinhas compartilhadas. Sem dúvida, a melhor relação custo-benefício para as empresas e maior satisfação para os funcionários.

Conheça nosso portfólio de produtos em goo.gl/1YnMv6 ou entre contato direto conosco.

Gostou dessa dica? Deixe sua opinião nos comentários. Também estamos no facebook e Instagram. Confira nossas novidades e dicas para o seu dia a dia.

Compartilhe com seus amigos. ; )